O momento de dormir é um momento bastante complicado para a maioria das mães, sempre gerando grandes dúvidas e trazendo insegurança para tomar algumas atitudes. No tópico de hoje, discutiremos sobre a prática da cama compartilhada, um assunto que gera bastante divergência entre os especialistas e que deve ser levado muito a sério para evitar possíveis acidentes.

É difícil encontrar alguma mãe que não teve nenhum problema relacionado ao sono de seu filho, muito por conta de noites mal dormidas, dificuldade de o bebê pegar no sono, excessivos despertares noturnos, entre outras coisas.

Portanto, caso você tenha dúvidas sobre o assunto ou queira entender como funciona essa prática, fique com a gente!

Como funciona a cama compartilhada?

Mesmo sendo bastante conhecido o procedimento da cama compartilhada, é importante explicar de maneira bem objetiva como funciona. A cama compartilhada é a prática que a mãe e o seu filho compartilham o mesmo espaço na hora de dormir.

Essa prática tornou-se muito discutida entre os especialistas e gera bastante dúvidas entre as mães. Para muitos médicos, essa prática promove um contato mais próximo entre mãe e filho, trazendo mais estabilidade respiratória para o bebê, despertares sincronizados entre mães e filhos, maior descanso para as mães que amamentam, etc.

Entretanto, é fato que não podemos descartar alguns casos em que ocorreram até mesmo a morte do bebê por sufocamento. Por isso, a divisão de opiniões é tão enfática e envolve muitos pontos. Acima de tudo, é importante consultar opiniões de quem entende do assunto e que irá passar boas alternativas.

Como fazer cama compartilhada de modo seguro?

Para muitas famílias, a cama compartilhada tornou-se uma prática que está contida a muito tempo com a criança. Nesses casos, se a segurança da criança é vista de maneira correta e precisa, não há problema realizar essa prática. A criança pode dormir bem tanto em uma cama separada ou mesmo na cama compartilhada, é uma decisão familiar.

Em suma, é crucial ficar atento com alguns detalhes que podem aumentar ainda mais a segurança. Busque dormir em uma cama plana, firme e lisa, com lençóis bem ajustados para o tamanho dela. Não recomendamos o uso da cama compartilhada em sofás.

Além da questão da cama, observe sempre se você não está fazendo uso de relógios ou joias que possam machucar o bebê.

Sendo assim, priorize sempre a qualidade de vida de sua família e a saúde e segurança do seu filho.

cama compartilhada

Cama compartilhada por exaustão da mãe

Esse é um tópico bastante importante e que acontece em grande parte dos casos em que as mães buscam a cama compartilhada como solução. Quando o filho tem diversos despertares noturnos durante o sono, seja para mamar ou apenas acorda chorando, torna o processo para a mãe bastante cansativo.

Nesses aspectos, acontece a maioria das decisões de partir para a cama compartilhada com o bebê, visando um conforto para a mãe. Com isso, a mãe não precisará levantar em todo o despertar do filho, melhorando muita coisa.

Porém, deve-se ficar atento para corrigir esses despertares do seu filho e achar as possíveis soluções para isso. Os despertares podem estar associados a diversos aspectos da rotina de seu filho.

Lado psicológico levado em conta

Um dos motivos que mais importam no momento em que os pais decidem trazer a cama compartilhada com os seus filhos, é o lado emocional. Muito relacionado a sensação de apego e na segurança que isso pode trazer para o bebê, muitas mães fazem a opção visando fortalecer a relação familiar.

Em muitos casos, a cama compartilhada com o bebê pode trazer mudanças bruscas para o relacionamento do casal, forçando o marido dormir em outra cama, entre outros pontos. Então, é crucial haver um diálogo bastante produtivo antes de tomarem quaisquer decisões. Tomar decisões rápidas podem atrapalhar o casal e trazer problemas até mesmo para a criança.

Sendo assim, muitos médicos deixam claro que, o vínculo de afeto entre mãe e filho demonstra-se de diversas maneiras durante o dia a dia, como na amamentação. Por isso, é fato que avaliar bem a situação antes de qualquer decisão dentro da família, é importante.

Segurança para a criança no berço

Para as mães que fazem a opção berço, deve-se também manter alguns cuidados básicos, evitando acidentes e problemas com seu bebê. Utilizar ursos de pelúcia grandes, almofadas e cobertores merecem uma grande atenção, pois são comuns casos de problemas com a utilização errada desses produtos. Com certa idade, o bebê ainda não tem controle motor e isso pode gerar um acidente.

Além disso, verificar todos os itens usados nos berços são importantes. Acima de tudo, é necessário que todos tenham o selo de aprovação do Inmetro, sendo mais seguro para o bebê. Como exemplo, é regra que o berço tenha altura mínima de 60 cm a partir do estrado.

Em suma, esses pequenos detalhes podem fazer muita diferença na qualidade e na segurança do sono do seu filho, trazendo mais conforto também para a mãe no período de sono da criança.

Curso Ensinando a Sonhar

Como vimos, o assunto da cama compartilhada torna-se bastante discutido entre os especialistas e gera muitas dúvidas para as mães. Ficar atento ao assunto e saber realizar as escolhas certas, são cruciais para os cuidados de seu filho. Acima de tudo, tome atitude sempre após uma consulta, para evitar problemas com a criança.

Auxiliando diversas famílias através do Curso Ensinando a Sonhar, nós, Jéssica e Luciana, trazemos um conteúdo atualizado e de grande valia para todas as mães que sofrem na hora de fazer seus filhos dormirem. Em suma, com muito conhecimento técnico e prático, os métodos realmente melhoram e devolvem a qualidade de vida para toda a família.

Conhecer o curso é um passo muito importante para quem busca melhorar o sono do filho e não encontra mais soluções plausíveis. A seguir, deixaremos a apresentação de nosso curso para você entender melhor.

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x