Um dos temas mais polêmicos envolvendo os bebês, o uso da chupeta divide opiniões de pais e especialistas pelo Brasil todo. Geralmente, muitas mães fazem a pergunta se a chupeta atrapalha o sono do bebê, e acabam ficando ainda mais confusas com as diversas respostas.

Para começar a discutir o tema, devemos saber que um dos primeiros reflexos que o bebê tem ao nascer é o da sucção. Sendo assim, com a amamentação já estabelecida, a chupeta pode ser uma opção para seu filho. Muitos pais remetem seu uso para acalmar a criança em momentos de choro ou durante a noite, quando a criança acorda.

Nesse artigo, falaremos de maneira precisa sobre seu uso e o que isso pode acarretar para seu filho. É importante destacar que, todas as informações contêm teor técnico e são mencionadas por especialistas no assunto, trazendo total confiança para as mães.

O que a chupeta significa para seu filho?

Para responder essa pergunta, é de suma importância avaliar e observar todas as reações que o seu filho tem com a chupeta. Como já mencionado, um dos primeiros reflexos do bebê é o da sucção, porém, após o 4º mês muitos bebês perdem essa necessidade genuína de sugar, ficando o hábito de sugar apenas para se acalmar.

Portanto, cabe aos pais observarem como a chupeta está sendo utilizada pelo seu filho, caso você opte por continuar fornecendo. Ela pode estar tendo a função de “acessório” ou de um “item de conforto”, sendo importante entender bem essa diferença.

Essa parte é bastante interessante para avaliar se a chupeta atrapalha o sono do seu filho ou se ela não faz tanta diferença. Fique atento!

A chupeta será um “acessório” para o seu filho quando você consegue escolher e controlar quando quer fornecer a criança. Em caso de “item de conforto”, a criança que adota sozinha e é importante ficar alerta nesses casos. Em relação a isso, podemos dizer que bebês não adotam itens de conforto antes dos 6 meses.

Sendo assim, a chupeta pode se encaixar nessas duas descrições citadas. A seguir, falaremos um pouco de exemplos práticos, para melhor compreensão.

Para o caso em que a criança acorda quando a chupeta cai da boca e, ela necessite de alguém para colocar de volta na boca dela para ela dormir, a chupeta está servindo como um “acessório” para ela. Já para o caso em que a criança consiga ficar acordada sem a chupeta ou consegue colocá-la de volta sozinha na boca, ela é um “item de conforto” para o bebê.

Quando a chupeta pode se tornar um problema?

Esse é um ponto bastante importante nessa discussão, pois sem dúvidas você deve conhecer pessoas próximas que já passaram por problemas envolvendo o uso da chupeta por seus filhos, principalmente no período noturno, perguntando se a chupeta atrapalha o sono realmente da criança. Nessa situação, podemos avaliar que a chupeta pode se tornar um problema após o 4º mês de vida do seu bebê.

Até o 3º mês de vida, os bebês ainda precisam da nossa ajuda para dormir, então a chupeta pode ajudar nesse processo. Porém, se nessa fase a chupeta já está sendo um problema, é preciso reavaliar seu uso. Nesses casos, procurar profissionais capacitados e especialistas da área são as melhores opções.

Em suma, se seu bebê tem 6 meses ou mais, e sempre acaba dormindo com a chupeta, mas acorda durante a noite chorando quando ela cai, você deve ter atenção.

Nesses casos, além de ser incômodo para você, ficar sempre levantando para atender a essa necessidade de seu filho, é necessário ensinar o mesmo a pegar a chupeta sozinho e coloca-la na boca. Praticar esses movimentos de recolocar a chupeta na boca pode ser uma excelente opção, para que a criança entenda e repita esse movimento.

Dessa forma, o bebê pode aprender a colocar a chupeta na boca sozinho, sem precisar ficar chamando a mãe durante várias vezes na noite. Salientamos que, a maioria dos bebês aprendem a colocar a chupeta sozinho na boca apenas a partir dos 6 a 8 meses.

Então é necessário ponderar bastante se você vai introduzi-la para seu filho, pois ficar refém dela é um problema bastante incômodo.

chupeta atrapalha o sono do bebê

A chupeta atrapalha o sono do meu filho: o que fazer?

Para os casos em que a chupeta atrapalha o sono do seu filho, é necessário ficar atento para tomar as atitudes corretas. O momento é de bastante cautela, pois o bebê já fez uma associação a ela e será necessário realizar uma troca de maneira gradual.

Para isso, é necessário avaliar as questões emocionais e sensoriais que o bebê desenvolveu com a chupeta e, de preferência, solicitar ajuda de profissionais capacitados. Realizar a retirada de maneira brusca e sem nenhum conhecimento técnico pode trazer diversos resultados negativos para o seu filho. E até mesmo para você, causando estresse durante a noite e choros mais frequentes.

Em suma, é importante que os pais tenham conhecimento de todos os pontos do uso da chupeta, e as interferências no desenvolvimento do bebê.

Através do nosso curso online, tratamos desses e de demais aspectos, auxiliando para que o sono noturno e diurno de seu filho seja de qualidade e contínuos, trazendo melhorias para todos na família. Abaixo, você pode encontrar o link para o curso.

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x