leite-em-fórmula-e-o-sono-do-bebê

Muito se fala que dar fórmula para o bebê antes do sono noturno faz com que o sono dele se prolongue, mas sabia que este é um grande MITO? Sim, as fórmulas são uma das opções para nutrir os bebês, no entanto, é preciso avaliar o equilíbrio entre todas as refeições ao longo do dia para que o bebê sinta menos fome à noite, e não apenas a última mamada antes do sono noturno!

Alguns bebês abandonam naturalmente as mamadas noturnas como consequência de hábitos diurnos adequados: alimentação equilibrada durante todo o dia, bem-estar físico e emocional, bom desenvolvimento e ganho de peso, rotina diurna ajustada para a faixa etária e boas associações de sono que não estejam atrapalhando a qualidade e a continuidade do sono.

É um grande erro achar que é preciso trocar o leite materno pela fórmula para que o bebê durma por mais tempo e com mais qualidade. Muitas vezes os pais tentam várias dicas distintas para ver se algo funciona na melhoria do sono do bebê, porém a verdade é que o sono é reflexo da somatória de inúmeros fatores que precisam estar em equilíbrio.

Continue lendo este texto e descubra a razão pela qual a fórmula isoladamente não é a solução para seu filho dormir bem.

Por que meu bebê não dorme bem?

Os bebês que mamam no seio podem não fazer refeições completas se estão muito cansados e dormem logo no início das mamadas, fazendo com que um ciclo ruim se instale: o bebê não prolonga o sono porque não se alimenta direito e também não mama de forma efetiva, já que sempre que vai pro seio está cansado e logo dorme.

O que acontece é que bebês nesta situação acabam se alimentando melhor à noite, após algumas horas de sono prolongado, quando se sentem mais descansados e alertas para mamarem de forma efetiva. E, por se alimentarem pior durante o dia, acabam sentindo mais fome mesmo à noite.

Muitas vezes a mãe acha que a amamentação não está funcionando porque seu leite é “fraco” ou sua produção “é baixa”, quando na verdade o problema é o cansaço do bebê, que não lhe permite mamar de forma efetiva durante o dia. Os pais então acabam introduzindo a fórmula para o bebê, muitas vezes sem a real necessidade para tal e ocasionando inclusive o desmame precoce. Se a rotina da criança tivesse sido ajustada e ela não estivesse tão exausta toda vez que fosse para o seio mamar, a amamentação poderia ter tido outro desfecho.

Ao introduzir-se a mamadeira em casos como estes, de fato o bebê se alimenta melhor, mas não porque o leite materno não era “suficiente”, e sim porque o leite sai mais rapidamente pela mamadeira e, com isto, o bebê se alimenta de maior quantidade em menos tempo, o que o ajuda a prolongar seu sono, dia e noite. Ou seja, não é a fórmula que faz o bebê dormir mais, e sim todo esse ciclo que se instalou e levou o pequeno a precisar da mamadeira!

No entanto, muitos pais acreditam que o problema de privação de sono é algo da idade e que irá melhorar com o tempo, porém isto às vezes se estende até os 4, 5 anos de idade. Além disso, a privação de sono pode causar imunidade baixa, problemas de obesidade, dificuldade em se concentrar, além de pais exaustos, sem pique e sem paciência para lidar com as tarefas do dia a dia.

Ao contrário do que dizem por aí, a Consultoria de Sono Infantil existe para desenvolver hábitos saudáveis de sono que sejam apropriados à idade e ao desenvolvimento da criança, respeitando as necessidades de cada família, estilos de vida e cultura, pelo menos é assim que nós da Ensinando a Sonhar trabalhamos.

Em nosso curso online você entende e compreende as necessidades do seu filho e aprende a ajustar o sono e a rotina dele de forma respeitosa, gentil e gradual. Acesse nosso site clicando aqui e saiba mais do curso que transformará a vida do seu bebê e da sua família.

Jéssica Thuannie e Luciana Sales, Ensinando a Sonhar.

0 0 vote
Article Rating

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x